Imagem do brinquedo vendido pela MAGA denominado "Build the Wall" (construa o muro)

O que pode ser mais nefasto do que a ideia de construir um muro que impeça imigrantes de entrarem nos Estados Unidos?

A resposta é simples: instigar crianças a brincarem com isso.

A MAGA, marca que copia a LEGO em quase tudo, lançou o brinquedo “Build the Wall”. Trata-se de um conjunto de mais de 100 peças de encaixe, que simulam tijolos cinzas, além do boneco do presidente Donald Trump.

O brinquedo, por óbvio, tem inspiração na tresloucada ideia de Donald Trump de construir um muro que separe Estados Unidos e México.

A MAGA publicou em seu site qual a “inspiração” do brinquedo (tradução livre):

Uma multidão de 10.000 migrantes da América Central está marchando pelo México e indo em direção a El Paso, no Texas. Agentes da fronteira mexicana tentaram detê-los na fronteira mexicana, mas sem sucesso.
Nós entendemos por que eles querem fugir de Honduras e viver e trabalhar na América. Afinal, somos a maior nação da terra.
No interesse da segurança nacional, no entanto, não podemos permitir que apenas alguém e todos cruzem nossas fronteiras. Embora haja boas pessoas tentando entrar em nossa nação, também existem gangues, criminosos e terroristas. Todos que querem entrar no nosso país devem entrar legalmente para a segurança de todos.
A parede deve ser construída. A parede manterá a América segura e forte. Só então poderemos ajudar os necessitados.
Temos o prazer de anunciar o lançamento de uma nova linha de brinquedos: blocos de construção MAGA! Este brinquedo faz um grande presente de Natal para seus filhos e netos!

A MAGA acerta num ponto: há, realmente, milhares de pessoas atravessando o México para tentar chegar aos Estados Unidos. A caravana tem sido repelida pelas forças de segurança mexicanas, por pressão do presidente Donald Trump. 

Tudo teve início com cerca de 1.000 hondurenhos, que fugiram do país em busca de emprego e segurança. A notícia rapidamente se espalhou e mais e mais pessoas se juntaram à caravana, que atualmente possui cidadãos de El Salvador, Guatemala e Honduras.

Donald Trump tem sido enfático quanto à “obrigação” de o movimento ser repelido em solo mexicano. Os primeiros migrantes que chegaram aos EUA provocaram a reação autoritária do governo, que acabou determinando a separação das famílias. A decisão gerou enormes críticas ao governo Trump e ainda mais desgaste internacional.

O que não se imaginava é que haveria a politização de brinquedos, afinal, que tipo de educação se pretende passar às crianças?

Por outro lado, talvez não haja tanto perigo assim, já que a MAGA possui em seu portfólio apenas 4 produtos, todos de cunho nacionalistas. Seus produtos são criados mais como suvenires do que para distribuição para crianças.

Na data de fechamento deste artigo a MAGA possuía 5 opções apenas: o Build the Wall, com 100 tijolos, mais boneco do Donald Trump; o boneco do Chuck Norris; os bonecos Trump and Lady Liberty, em que Donald Trump segura na mão direita a mesma Constituição que a estátua da Liberdade; o boneco individual de Trump; os bonecos de Trump e Hillary Clinton, cujo tema é “Trump sends Hillary to prision” (Trump manda Hillary para a prisão).

Imagem do produto à venda no site da MAGA: “Trump and Lady Liberty Limited Edition”
Imagem do brinquedo à venda no site da MAGA “Trump sends Hillary to Prision! Limited Edition

Isso prova que a disputa política nos Estados Unidos ganhou contornos bem mais preocupantes que o simples fato de haver uma divisão entre democratas e republicanos. É uma divisão ideológica, onde um lado não apenas não aceita o outro, mas o repudia. A campanha eleitoral parece ainda não ter acabado.

O Brasil corre o mesmo risco, com uma diferença: talvez não tenhamos uma empresa produzindo brinquedos do Bolsonaro. Afinal, a indústria brasileira está tão quebrada e atrasada que não se pode garantir nem mesmo a produção de suvenires.

Xi, olha só esse artigo sendo politizado!